Endomarketing

endoSaul Bekin

Competência, Informação, Conhecimento, Inteligência Emocional, Capital Humano, …

O Capitalismo Morreu !!!

Bem …

Como o que ficamos agora???

Morreu tudo???

Na minha modesta opinião é tudo uma grade “conversa da treta”.

Aquilo que eu acho e sinto, é que o capitalismo funciona, e o liberalismo é caminho para o melhoramento contínuo das instituições e corporações, o que falhou foi a regulamentação e fiscalização, o bem individual sobrepõem-se ao bem comum, a ética, o bom senso, a igualdade de deveres e direitos, o desrespeito pelos valores humanistas, e por fim a corrupção, têm que ser alvo de controlo e regulação.

Todos temos o dever de contribuir para esta regulação nos somos os agentes dessa mudança é regulação.

Começando pelo tecido empresarial, há consciência que já lá vai o tempo em que o “empregado” era visto como um mero instrumento do ciclo produtivo, cheio de defeitos e que era necessário substituir.

Pegando nos adjectivos de abertura de este texto o “empregado” hoje “colaborador” é o agente detentor destes adjectivos, hoje gestor que não tiver em conta que o seu maior capital são os seu recursos humanos, sinto muito dize-lo mas tem os dias contados.

Vivemos tempos de grandes pressões sobre o indivíduo, e este está cada vez mais consciente desta pressão, despertando o seu lado empreendedor, adquirindo valência, competências e informação, preparando-o para competir, deixando cair o velho estereótipo do empregado.

Segundo Peter Drucker “ uma empresa (ao qualquer outra instituição) tem apenas um verdadeiro recurso: pessoas.”

EndoMarketing

É uma técnica de Marketing destinada a construir relações entre as organizações e os seus colaboradores, manter o quadro de pessoal motivado, informado, enamorado, apaixonada, desde a captação selecção contratação dos colaboradores, bem como todo o processo de adaptação, formação, produtividade, e claro o dispensar do colaborador.

Tudo tem de estar pensado é importante que todos os passos do processo de incorporação, exploração e dispensa dos colaboradores devem ser cuidados, para:

·         Atrair os melhores os mais dotados.

·         Produzir os melhores resultados.

·         Dispensar de forma a manter o Goodwill

A responsabilidade social das organizações é o caminho, na era do Homo-Consumeridus (Lipvetsky) o seu colaborador é também o seu consumidor “nenhuma das nossas instituições existe por si só e não é um fim em si mesma” Peter Drucker

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: